Hoje não trago a vocês uma review de anime e nem de jogo, mas sim de um conto. Desde muito jovem adoro fazer resenhas e análises de histórias, além disso um dos objetivos da Hakogatari é divulgar autores nacionais de diversas mídias.

As resenhas de livros tanto físicos como virtuais serão feitas semanalmente aqui no site, geralmente acompanhando uma entrevista com autor. Para dar inicio a essa nova categoria de reviews do site, nada mais justo que começar com esse conto maravilhoso: Café.

Sobre Café

Café foi escrito por Débora Gonçalves e postado no site Social Spirit em setembro de 2016. Em meio a muitos contos com temas infantis, Café se destacou por ser diferente e na época fez bastante sucesso pela reflexão que passava aos leitores.

Devido a alguns problemas internos no site, o conto teve de ser retirado, mas esse não é o fim! Em fevereiro desse ano de 2018, Débora, conhecida também como Chuyahiro, postou novamente o conto, dessa vez no Wattpad. A história foi revisada e teve sua capa refeita.

Enredo

Café conta história de Victor, um homem que depois de perder uma das pessoas mais preciosas de sua vida, acaba por ficar viciado em café.

Sinopse: Em um dia qualquer, Victor saiu de sua casa em uma manhã chuvosa para ir em uma cafeteria. Apesar do cenário onde sempre costumava passar estivesse um tanto estranho, o homem como de praxe, achou que seria mais um dia normal e solitário como todos os outros. Mal sabia que, uma peculiar surpresa o aguardava.

O texto em poucas palavras consegue tratar bem de temas pesados e passar algumas reflexões a respeito da vida e o vazio da tristeza. Ele também deixa pequenas pontas soltas abertas a interpretação, isso torna o conto um daqueles em que você acaba e fica imaginando continuações ou até mesmo entra em um estado reflexivo muito grande por se identificar com personagem principal.

Ortografia e escrita

Sobre a ortografia não tem muito o que dizer, como o conto foi revisado diversas vezes, então é de se esperar que a ortografia esteja praticamente impecável. Quanto ao estilo da escrita, segue uma linha dramática e com certo teor de suspense, bem característico da autora.

Entrevista

Qual foi sua inspiração para escrever esse conto?

Um meme da página menes suecos.

Como você conseguiu transformar um meme em uma história tão triste?

No próprio meme já cita o vazio interior de uma pessoa que é triste. Basicamente, quando uma pessoa tem um sentimento como esse, isso torna a depressão e a solidão como fonte principal de um determinado aspecto pessimista. Escrevi esse conto com a intenção de passar essa mensagem de um forma direta, porque muitas pessoas (por experiência própria) acabam tendo um vicio para preencher esse sentimento vago.

Você pensa em publica-lo algum dia?

Eu pretendo colocar esse conto em uma coletânea que em breve irei escrever.

Há quanto tempo você escreve?

Escrevo há cinco anos. No entanto, só comecei a levar a literatura a sério em 2016. Desde criança sempre gostei de criar enredos, personagens, treinar ortografia e estimular minha criatividade.

Você gosta de café?

Não. (Risadas)

Considerações finais

Café

É impressionante como a autora conseguiu extrair de um simples vídeo de humor tamanha reflexão. A escrita consegue passar com fidelidade o momento de depressão intensa que Victor vive, além disso, usa de uma metáfora muito bem construída para expor a mensagem principal da história. Café sem dúvidas é um conto que vai ficar pra sempre na minha lista de favoritos.

Agradeço a Chuyahiro pela entrevista.

Você pode ler o conto aqui.

Quer ter sua história resenhada aqui na Hakogatari? Comente nessa postagem o seu usuário e história que deseja ser resenhada ou entre em contato diretamente com a equipe.


Aru

Garoto de programação, apaixonado pela cultura pop, escritor nas horas vagas e um péssimo piadista. Prazer, sou criador da Hakogatari.

Qualquer dúvida, estou a disposição.